redes sociais

siga-nos

newtrade newtrade newtrade newtrade
 


Publicado em 2013-04-09 09:51:08

Consumidora diz ter achado bicho dentro de lata da Coca-Cola

A fabricante do refrigerante agendou visita para esta terça-feira (9) para a realização da troca e recolhimento do produto para análise

por Andréia Martins

comentarios
Destaque Consumidora alega ter encontrado bicho dentro de lata de Coca-Cola em Santos/SP   (Isabella Urnikes/Arquivo Pessoal)

No último sábado (6), Ana Aloe Urnikes, moradora de Santos, litoral de São Paulo, abriu uma lata de 350ml de refrigerante da marca Coca-Cola e percebeu que algo dificultava a saída do líquido. Ao verificar melhor o conteúdo, descobriu a presença de uma espécie de bicho no fundo da lata. Inicialmente, a fabricante do refrigerante afasta a possibilidade desse tipo de incidente.

A consumidora, de 71 anos, ligou imediatamente para a neta, Isabella Urnikes, que foi até sua residência, onde fotografou e filmou o produto. Em seguida, Isabella entrou em contato com o Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) da Coca-Cola Femsa, mas, segundo ela, foi mal atendida pela funcionária da companhia que fez pouco caso da sua reclamação.

O vídeo gravado por Isabella circula nas redes sociais e já foi compartilhado por mais de 30 mil usuários do Facebook . A estudante foi orientada por um advogado a levar a lata a um instituto de análise ontem (08). “Porém, o químico responsável nos deu um laudo não-oficial de que se tratava de um fungo - infelizmente ocorre com frequência - e, para a perícia oficial ocorrer, precisamos da autorização judicial, onde a prova ficará sob custódia do juiz, que já foi providenciada. Tudo isso para que fraudes sejam evitadas ou provas repentinamente desaparecerem”, disse Isabella em sua página do Facebook, na noite de ontem.

Coca-Cola

Por meio de sua assessoria de imprensa, a Femsa Brasil, fabricante da marca, informa que já entrou em contato com a consumidora e agendou visita para hoje (9) para a realização da troca e recolhimento do produto para análise. Esse procedimento é indicado pelo Código de Defesa do Consumidor.

A companhia reforça que o processo de fabricação e asseguração da qualidade afasta a possibilidade desse tipo de incidente e reitera que segue os mais rigorosos procedimentos, garantindo que os produtos cheguem às mão do consumidor dentro dos mais altos padrões de excelência e qualidade.


Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatários da notícia
e-mail 1:
e-mail 2:
noticia:
 

publicidade

Cadastre-se e fique informado




@ 2012 EBC - Editora Brasileira do Comércio. Todos os direitos reservados.